Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Saltos sem altos

Saltos sem altos

Atentem ao buraco negro

11.04.19, Ana sem saltos

Uma pessoa à espera disto:

buraco negro2.jpg

E sai-me isto:

buraco negro.jpg

Que tremenda desilusão.

Tirando isso, enfim, eu percebo é um marco histórico, e os cientistas devem estar eufóricos. No entanto - talvez devido a uma dosagem maior de empatia humana fico cheia de limitações intelectuais - custa-me entender os milhões que devem ter sido aplicados naquele mega telescópio capaz de detetar uma laranja na lua, com tanta gente a morrer à fome. Mas isso não interessa nada.

naife.gif

(O meu lado naife.)


Ontem falamos lá em casa deste fenómeno aos miúdos, e é delicioso ver as reações deles. Tentar explicar um buraco que suga tudo lá para dentro transformando até a noção de tempo, é tipo, tentar explicar o amanhã ao meu mainovo.
_ Hoje é amanhã?
_ Não Manuel. Hoje é hoje, amanhã é amanhã. O amanhã vem depois de acordares.
Acorda e antes de abrir a pestana em condições.
_ MÃE, HOJE É AMANHÃ!
_ Não...
_ MENTIU-ME
_ Hum... Bom, agora hoje é hoje mas ontem, hoje era ama... deixa lá, queres gomas?

furibundo.JPG

(meu pequeno furibundo)

Tirando isso, depois de perguntas maravilhosas o assunto lá ficou arrumado, e foi cada um às suas tarefas antes de dormir. Deitamos a criançada, e o meu Einstein mais velho que é um valente perguntador, chama-me 15 vezes. Que quer água. E o buraco será grande ou pequeno (atenção a quem perguntas isso filho). Que a janela está mal fechada. Até vir a derradeira questão:
_ Oh mãe.. e se cairmos num buraco negro?


<3


Isto fez-me lembrar do pânico que senti quando descobri nas aulas que as estrelas morriam. Que o sol, um dia, ia morrer.
COMASSIM? E DEPOIS? E SE FOR AMANHÃ? E DOI? E AGORA, EXPLIQUEM-ME COMO DURMO NO ALTO DOS MEUS 8 ANOS SABENDO QUE MAIS DIA MENOS DIA ALGUÉM DESLIGA O INTERRUPTOR LÁ EM CIMA DEIXANDO-NOS NUMA INFINITA E EXPLOSIVA ESCURIDÃO?????? PORQUE É QUE ME OBRIGASTE A NASCER, MÃE??? PORQUÊ????

emoji panico.png


Isto de os ver com medos é bipolar. Por um lado, são eles a ganharem consciência da vida, da morte, do próprio medo. O que é bonito, sim senhor. Mas também é horrível.

Temo ferozmente o dia em que eles deixem de acreditar em fadas.

eu desiludida.gif

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.