Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Saltos sem altos

Saltos sem altos

Conjugar o verbo esperar

04.07.19, Ana sem saltos

Ora aqui está um gravíssimo problema da nossa sociedade contemporânea. Tudo é imediato,

aviões para outros continentes,

compras com touch ID,

facebook e instagram com lives e stories,

emails, o correio já só serve para as contas, perdeu a graça T-O-D-A.

É inacreditável, uma pessoa espirra a ver cremes na net, e três segundos depois aparece-nos um gajo de motinha a entregar-nos um, qualquer dia somos mesmo teletransportados tipo Songoku.

TELETRANSPORTE.jpg

(Bolas esqueci-me de comprar bananas. Madeira em três, dois, um)

 

Independentemente das vantagens inerentes, o imediatismo veio roubar-nos uma coisa tão bonita que existia no tempo dos nossos avós. E pais. E com alguma sorte na infância de alguns de nós também. E é ela a conjugação do verbo esperar. 

E o pior é que as coisas também perdem a validade neste pequeno instante, passamos a vida a correr atrás de uma atualização que passadas três milésimas de segundos JÁ NÃO É ATUAL. Já viram bem a canseira disto? 

exausta.png

(olha que engraçado, eu em meme <3)

 

Roda falaciosa esta, tudo é imediato para termos mais tempo e depois vai-se a ver e não temos tempo para nada.

Aqui me assumo como a pior conjugação deste verbo. A espera é uma coisa que me eleva os níveis de stress aos píncaros de um Evereste ao quadrado. Vai desde um email que envio e ao fim de dois minutos já estou a fazer refreshs ao gmail como se não houvesse amanhã, à sopa a cozer, ponho os legumes na água e 7 minutos depois já estou a picar furiosamente as cenouras para ver se estão no ponto, bebo com enorme sacrifício litro e meio de água, e no último golo já estou a apertar a chincha a ver se a celulite emigrou para uma outra tranca qualquer bem longe da minha, enfim, estão a perceber o nível da coisa.

esperar.jpg

(não é possível, enviei a mensagem à CINQUENTA E QUATRO SEGUNDOS! P'RA MIM CHEGA!)

 

Perdemos muito com isto porque as melhores coisas surgem na espera: a paciência é o pilar da persistência, e a persistência é o pilar do sucesso. 

Acredito que se possa trabalhar isto, talvez com hipnose, lobotomia, ou, pronto, sendo menos radical, com atividades que exercitem a calma, tipo yoga.

Maneiras que ando para aqui numa revisão mental de prioridades, de falácias pessoais, de ambições e sonhos, e acho que preciso mandar vir um guru da Índia para me auxiliar.

Quanto tempo acham que demora a chegar?

 

>>Sigam-me também no instagram

4 comentários

Comentar post