Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Saltos sem altos

Saltos sem altos

Memórias do facebook

16.07.19, Ana sem saltos

O Facebook tem esta coisa engraçada. De vez em quando lembra-se de nos ir sacar memórias, e vai daí acabei de ficar a saber coisas tão fenomenais como:

Dia 16 de julho de 2011 o meu recém-nascido mais velho comeu a sua primeira papa.

Dia 16 de julho de 2013 o meu corpo já tinha superado a perda de um bebé e eu escrevi um pequeno conto sobre um onda pequenina que nunca chegou a ser.

Dia 16 de julho de 2014 o mundo passou a rodar mais depressa e o meu recém-nascido mais novo nasceu.

Dia 16 de julho de 2015, não vão acreditar, mas o meu recém-nascido mais novo batia palminhas na creche a ouvir os parabéns ao seu primeiro ano de vida.

Depois, estranhíssimo, a proeza repetiu-se precisamente no dia 16 de Julho de 2016, e o sacana completa-me dois anos de vida (este burgo já existia e eu escrevi sobre isso)

Em 2017, e mesmo eu dando ordens para o mundo parar IMEDIATAMENTE de rodar, já se sabe, péssima a dar ordens, maneiras que mais um ano se passou e no dia 16 de julho meu pequeno arabesco faz-me 3 anos.

No ano passado, portanto, em 2018, e também no dia 16 de Julho, vejam bem, foram 4, QUATRO anos que me fez o miúdo.

E hoje não é memória, é presente e eu amo o presente, tenho um filho que veste tamanho 7 a fazer uma mão cheia de anos. E vamos à escola, no futuro que será dentro em breve, construir mais uma memória tão bonita, a 16 de julho de 2019, de uma patada inteira de anos de vida a cantar-se os parabéns a você.

 

>>Sigam-me também no instagram

7 comentários

Comentar post