Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Saltos sem altos

Saltos sem altos

Voltar

04.11.19, Ana sem saltos

Estava aqui mergulhada em memórias, descobri que faz hoje 9 anos que assinamos a escritura da nossa casa, eu pançuda do primeiro rebento, toda cheia de esperança, expectativa e carnes,  ainda sem saber do turbilhão que estava prestes a rebentar e a fazer-me crescer mais um bocadinho.

Com isto mergulhei também nas fotografias deste fim de semana, benzadeus, sou uma sortuda de todo o tamanho. É tão engraçado ver os meus bebés virarem rapazolas, observar o companheirismo deles com o pai, é bom que me agradeçam, fui a melhor a escolher-lhes o progenitor. Mas não posso negar que às vezes me sinto meia sozinha no meio de tanta testosterona, mortais em trampolins, terra nos sofás, e ranho nas mangas da camisola.

Logo eu.

Cúmulo da Cinderela.

Andamos em passeios na serra, cagamos de alto na chuva e agora tenho 15 pares de sapatos ensopados que não há meio de ver secos. O mais velho alinha com o pai em tudo, está numa fase de descoberta de si mesmo e explorar tornou-se o verbo mãe naquela criatura.

familia.JPG

(vamos ver umas babes pai?)

andar na agua.JPG

(Eu JURO que não móio as meias 'tá bem?)

 

Já o meu recém nascido soberbo, loles, enfim, está menos dado ao movimento - para não o chamar de coiro integral assim à vista de todos.

_ Vamos passear?

_ Vamos de carro?

_ Ah.... não. Passear, filho (mexer a peida, sabes o que é?)

_ Não. Odeio estar canxado.

estar cansado.gif

 

O que tem piada porque é um dos meus motes. 

 

Está também a ganhar uma astúcia mental assustadora, no meio daqueles s's babões:

_ OH MANUEL OLHA QUE CAIS DE DEPOIS CHORAS!

_ Nãnã. Xe eu caio morro, e xe eu morro TU xoras.

Ás vezes não sei o que fazer a isto da maternidade, juro-vos.

Entretanto esta pausa prolongada é daqueles loops lixados da vida. Quanto menos se escreve (faz) menos vontade tem de se escrever (fazer), e eu estou novamente naquelas fases maravilhosas de bulets, isto vai-me dando de tempos a tempos, dos 1234 que faço, cumpro com cerca de meio, mas pouca importa, não é verdade?

objetivos.jpg

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.